Juizes de boxe suspensos por prevenção

Os 36 árbitros e juízes de boxe dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro foram suspensos preventivamente esta quinta-feira pela Associação Internacional de Boxe (AIBA) na sequência de várias controvérsias surgidas durante a competição. Vários lutadores derrotados no torneio olímpico consideraram terem sido vítimas de más arbitragens e levantaram a hipótese de alguns dos combates terem sido alvo de corrupção e de resultados combinados na esfera das apostas.

Os Jogos foram “uma prova de fogo para a AIBA, já que o boxe esteve no centro das atenções, por razões positivas e também por outras menos boas”, referiu o presidente do organismo, Wu Ching-Kuo, durante um encontro para analisar o que se passou no Brasil e de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020.

Relacionados

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.