O futuro de alguns complexos desportivos no Rio

Veja o que deve acontecer a algumas das instalações olímpicas depois dos Jogos Olímpicos. 

Arena Carioca 1
Sede dos encontros de basquetebol nos Jogos, a Arena Carioca 1 será destinada à promoção de espetáculos, feiras, exposições e provas de desporto de alto rendimento.

Dos 16 mil lugares, somente 7,5 mil serão mantidos.

Arena Carioca 2
O estádio coberto, que recebeu os atletas de Judo, Luta Greco-Romana, Luta Livre, terá as suas arquibancadas temporárias desmontadas e será transformado num local de treino para atletas de alto rendimento de nove modalidades: levantamento de peso, judo, lutas, badminton, esgrima, ginástica rítmica, ginástica de trampolim e tenis de mesa. 

Vestiários, salas para treinadores e uma loja de material desportivo serão construídos no local após o evento. 

Arena Carioca 3
A arena foi palco das competições de taekwondo e esgrima. No futuro, as instalações serão transformadas num Ginásio Experimental Olímpico (GEO) - uma escola vocacionada para o desporto com capacidade para receber mil alunos.

De acordo com a Prefeitura, o local terá 24 salas de aula, laboratórios de Ciências e Media e duas salas multiuso. Além disso, o ginásio deve receber jovens inscritos em programas sociais que queiram praticar badminton, judo, luta livre, ténis de mesa, tiro com arco, andebol, futsal, basquetebol, voleibol, ginástica artística e musculação. 

Centro de Tênis
A estrutura de 16 courts será reduzida, mas deve receber atletas de alto rendimento, torneios internacionais, alunos de escolas de ténis de projetos sociais e eventos em geral. 

Velódromo
Casa das provas de ciclismo, o Velódromo será utilizado como local de treino de ciclistas de todo o país. O ginásio também sediará competições internacionais, eventos e terá até 740 alunos por mês ligados a projetos sociais de iniciação desportiva. 

Arena do Futuro 
Sede do andebol, a Arena do Futuro será desmontada por completo após o evento. A estrutura, porém, será transformada em quatro escolas públicas na região de Jacarepaguá e São Cristóvão, cada uma com capacidade para 500 estudantes.

Relacionados

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.